quinta-feira, 15 de junho de 2017

Falecimento
De acordo com publicação feita pelo nosso colega António Pires Madeira  no Facebook faleceu em 13/6/17 António Guilherme Afonso Ramos que vivia no Cacém e que trabalhou na Sede do BCA e se a memória não me trair penso que trabalhou na Tesouraria. Em Nome de todos os BCAs apresento à família enlutada as minhas condolências. Paz à sua alma que descanse em paz.

domingo, 30 de abril de 2017

  • Imagens do encontro dos Ex-BcA ontem da 29 em Ferreira do Zêzere para recordar, em nome da Comissão organizadora os nossos agradecimentos a todos os presentes e a todos os que quiseram estar presentes, mas motivos vários impediram, o nosso obrigado, para ver o video carregar na imagem

quarta-feira, 1 de março de 2017

61º. Aniversário do BCA - ENCONTRO EM 29 DE ABRIL DE 2017





61º. Aniversário do BCA
1956 - 2017 
  
ENCONTRO EM 29 DE ABRIL DE 2017
 
CENTRO DE FÉRIAS E FORMAÇÃO DO SINDICATO DOS BANCÁRIOS DO SUL E ILHAS (SBSI) COM SERVIÇO DO RESTAURANTE LAGOA DE CABAÇOS

ESTIMADO AMIGO(A) E COLEGA,

Está marcado para o próximo dia 29 de Abril, em Ferreira do Zêzere, no Centro de Férias e Formação do SBSI. o nosso Encontro Anual.

Optamos por um local no centro do país, com boa acessibilidade e situado a uma distância não muito grande para a maioria dos/das colegas que mais regularmente comparecem nos nossos convívios. (A cerca de 180 Kms. de Lisboa e a mesma do Porto).

O almoço terá início a partir das 13,00 horas, precedido de receção de boas vindas com início às 11,30 horas, que esperamos seja de confraternização que desejamos venha a ser do agrado de todos.

A ementa é a que abaixo transcrevemos. Procuramos selecionar um menu equilibrado e a custo aceitável porque, como todos sabemos a vida não está para grandes encargos. O custo é 25,00 euros por adulto e de 12,50 euros para crianças dos 6 aos 10 anos.

Pensamos e desejamos ter feito uma escolha acertada e que a todos agrade. (O preço é igual ao que fizemos em 2016).

A ementa consta de dois pratos – carne e peixe - havendo, para alternativa um prato de dieta, como consta da ementa. A opção será servida, como é normal, apenas a quem a tiver escolhido. Por isso pedimos que quando fizer a inscrição, indique se deseja os pratos do menu ou a dieta.

Também quem quiser aproveitar o fim de semana e decidir pernoitar o pode fazer, pela quantia de € 43,00 por noite, em quarto duplo, fazendo a sua marcação através do telefone 249360200, diretamente. Temos conhecimento de que já não têm muitos quartos disponíveis, mas haverão sempre alguns.

Não guarde a inscrição para o fim, pois é sempre mais difícil organizarmos o nosso trabalho. O prazo de inscrição que fixámos para termos assegurado um bom serviço, é o dia 21 de Abril, impreterivelmente.

Esperamos sobretudo com a presença do(a) Colega, pois quantos mais formos melhor será o convívio entre todos. E se possível faça-se acompanhar de familiares e/ou amigos para que a família “Ex-BCA” chegue também até eles como exemplo de amizade criada na sua maioria entre colegas de trabalho, há dezenas de anos e que dia-a-dia se renova.

Também convidados o(a) Colega a dar mais vida e cor ao nosso encontro com a apresentação de algum trabalho seu ou algum hobby que queira dar-nos a conhecer. E até poderá contar-nos alguma história que tenha sido mais marcante na sua carreira profissional ou na sua vida, certamente rica em acontecimentos.

INSCRIÇÕES:

ILDA SIMÕES CASTANHEIRA – T.M. 913 818 115 – T.F. -212 681 265 email: ildabox@sapo.pt Para outros esclarecimentos, poderá contactar, também: CARLOS ALMEIDA (CHILOCAS) – TM . 968 168 079 MARIA PAULINA MARTINS – TM. 914 107 451 Pode também fazer a inscrição, por correio tradicional para a morada da Ilda,

enviando a ficha de inscrição – obtida para impressão – clickar AQUI !

ILDA SIMÕES CASTANHEIRA
R. do Roque, nº.50 - 1.º Dto.
FOGUETEIRO
2845-158 – AMORA

A Comissão Organizadora Encontro de ex-trabalhadores do BCA Angola, Moçambique, S. Tomé e Príncipe, Macau e Lisboa

____________________________________________________________

LOCAL :
Restaurante LAGOA, no Centro de Férias e Formação do SBSI
Local : Perto de Ferreira do Zêzere
Data realização: 29 de Abril de 2017
Receção e convívio – 11,30 horas / 13,00 horas . Almoço: 13,00 horas -> -------------

EMENTA:

1 – Entradas Saladas frias, broa, enchidos regionais, queijos diversos, croquetes, rissóis e pastéis de bacalhau. Bebidas de acompanhamento - Vinho branco e tinto, Cerveja, Sumos, Águas, Gin, Moscatel e Martini.
2 – Almoço Sopa de legumes Prato de peixe – Bacalhau com Broa, no Forno Prato de carne – Cozido à Portuguesa Prato alternativo – Dieta – Bife Grelhado Bebidas – Vinho branco e tinto da Região, cerveja, sumos e águas
3 – Sobremesa Buffet de Sobremesas na mesa Central, com frutas, salada de frutas e doces Variados. (Cada um serve-se).
4 – Café, Chá e Digestivos Aguardentes caseiras, Licores e Whisky Novo
5 – Parabéns (16,30/17,00 horas) Com Bolo de aniversário do BCA; e brinde, com espumante

sábado, 4 de fevereiro de 2017

NOTICIA DE ÚLTIMA HORA
ALMOÇO CONVÍVIO DOS EX-BCAs

Já temos data e local !
Este ano o nosso Almoço de Confraternização vai ser em FERREIRA DO ZÊZERE, no Centro de Férias e Formação do SBSI (Sindicato dos Bancários do Sul e Ilhas), no dia 29 de ABRIL de 2017.
Oportunamente daremos mais Informações.

Para já deixamos aqui algumas fotos para irem vendo o local.

Além do Almoço, quem quiser pernoitar também pode, a preços bem acessíveis.

Daremos conta do Menu, preço do Almoço e da Dormida (para quem gostar de passar um fim de semana agradável), muito em breve.

VAMOS COM GARRA INICIAR MAIS UM ALMOÇO DE CONVÍVIO DOS EX-BCAs.
A ORGANIZAÇÃO



sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

O QUE É UM PALÍNDROMO?

Meus caros amigos e colegas, em Março findo o nosso Ex-BCA João José Afonso Fernandes, enviou-me um email que guardei e  julgo ser bastante interessante e oportuno para a época, pelo que o vou transcrever:



As aulas estão a começar...temos que fazer revisões...
 O QUE É UM PALÍNDROMO?
Para quem é um amante da língua Portuguesa
Antes que estraguem por completo a língua portuguesa nada melhor do que recordar um pouco a beleza da língua
SABE O QUE É UM PALÍNDROMO?
NÃO?!
Um palíndromo é uma palavra ou um número que se lê da mesma maneira nos dois sentidos, normalmente, da esquerda para a direita e ao contrário

Exemplos: OVO, OSSO, RADAR. O mesmo se aplica às frases, embora a coincidência seja tanto mais difícil de conseguir quanto maior a frase; é o caso do conhecido:
SOCORRAM-ME, SUBI NO ONIBUS EM MARROCOS.
Diante do interesse pelo assunto (confesse, já leu a frase ao contrário), tomei a liberdade de seleccionar alguns dos melhores palíndromos da língua de Camões...
ANOTARAM A DATA DA MARATONA
ASSIM A AIA IA A MISSA
A DIVA EM ARGEL ALEGRA-ME A VIDA
DROGA DA GORDA
A MALA NADA NA LAMA
A TORRE DA DERROTA
LUZA ROCELINA, A NAMORADA DO MANUEL, LEU NA MODA DA ROMANA: ANIL É COR AZUL
O CÉU SUECO
O GALO AMA O LAGO
O LOBO AMA O BOLO
O ROMANO ACATA AMORES A DAMAS
AMADAS E ROMA ATACA O NAMORO

RIR, O BREVE VERBO RIR
A CARA RAJADA DA JARARACA
SAIRAM O TIO E OITO MARIAS
ZÉ DE LIMA RUA LAURA MIL E DEZ
Já agora
E sabe o que é tautologia?
É o termo usado para definir um dos vícios, e erros, mais comuns de linguagem. Consiste na repetição de uma ideia, de maneira viciada, com palavras diferentes, mas com o mesmo sentido.

O exemplo clássico é o famoso ' subir para cima ' ou o ' descer para baixo ' . Mas há outros, como pode ver na lista a seguir:
- elo de ligação
- acabamento final
- certeza absoluta
- quantia exacta
- nos dias 8, 9 e 10, inclusive
- juntamente com
- expressamente proibido
- em duas metades iguais
- sintomas indicativos
- há anos atrás
- vereador da cidade
- outra alternativa
- detalhes minuciosos
- a razão é porque
- anexo junto à carta
- de sua livre escolha
- superávit positivo
- todos foram unânimes
- conviver junto
- facto real
- encarar de frente
- multidão de pessoas
- amanhecer o dia
- criação nova
- retornar de novo
- empréstimo temporário
- surpresa inesperada
- escolha opcional
- planear antecipadamente
- abertura inaugural
- continua a permanecer
- a última versão definitiva
- possivelmente poderá ocorrer
- comparecer em pessoa
- gritar bem alto
- propriedade característica
- demasiadamente excessivo
- a seu critério pessoal
- exceder em muito .

Note que todas essas repetições são dispensáveis.
Por exemplo, ' surpresa inesperada '. Existe alguma surpresa esperada? É óbvio que não.
Devemos evitar o uso das repetições desnecessárias. Fique atento às expressões que utiliza no seu dia-a-dia.


 




terça-feira, 7 de junho de 2016

Falecimento do Professor Dr. Quadros Fernandes distinto colega BCA

Faleceu o prof. Quadros Fernandes, pioneiro da informática nas escolas

Com 84 anos, faleceu no dia 27 de maio Manuel António de Quadros Fernandes, que foi professor na Escola Secundária Jácome Ratton em Tomar.
Apesar de já terem passado alguns dias não queremos deixar de registar este falecimento e lembrar quem foi o prof. Quadros Fernandes (N: 12/12/1931 F: 27/05/2016)
Visionário, conhecido pelo seu humor e sagacidade,  contador de histórias, workaolic, generoso, honesto e a lista de adjetivos que o tornam grande não acaba.
Estudou medicina em Goa de onde saiu aos 19 anos. Em Lisboa formou-se em matemática e trabalhou na general Motors. Em 1963 foi professor de matemática em Sá da Bandeira (Lubango), onde casou e nasceram duas das três filhas (Rosa Brigida e Shilá). Foi em 1968, em Luanda que iniciou a sua carreira informática como analista de sistemas no Banco Comercial de Angola. Entretanto, nasce a terceira filha (Maria Carma). Regressa a Portugal em 1975 e fixa residência em Tomar onde morava o seu compadre prof Queirós da Silva. Lecionou na Escola  Jácome Ratton,  matemática, e informática. Em 1979 inicia o Club de Calculadoras (berço de alguns informáticos que saíram de Tomar) e inicia o programa de informatização das escolas "AE" implementado em mais de 600 escolas portuguesas. Deixa um último programa que a família vai partilhar.
São muitos os alunos que o referem como marcante, não só na vida pessoal como profissional.
A toda a família apresentamos sentidas condolências.


O prof. António Duarte Henriques Lopes, seu colega de profissão na mesma escola, publicou no facebook um texto de homenagem (In Memoriam, professor Quadros Fernandes), que transcrevemos:
“Faleceu o professor Quadros Fernandes, figura eminente do professorado tomarense e marca insigne da escola onde por muitos anos leccionou, a Escola Secundária Jácome Ratton. Por sentir que lhe é devida uma homenagem, ouso repor aqui um texto que sobre ele publiquei num dos órgãos da imprensa local, quando ainda, ambos, estávamos no activo. 
Ei-lo:
«Incansável peregrino das suas muito pessoais miniaturas do mundo, o dr. Quadros Fernandes recose cada um dos seus intermitentes poisos com a inextricável rede das suas imprevisíveis, curtas, intempestivas deambulações. Contudo, quem acaba com a cabeça à roda somos nós. 
Nós é que o seguimos no sobressalto das suas variações sobre o mapa inconcluso de uma demanda, de que a causa é segredo seu, mas de que o efeito é proveito nosso. Nós é que nos extenuamos na perscruta de um cais onde venha terminar-se a circum-navegação do paradoxo em que anda sempre embarcado. E nós é que ficamos imobilizados no pasmo por um discurso que, nos próprios soluços do seu entardecimento, encontra a força para reamanhecer.
Onde quer que entre, o dr. Quadros Fernandes parece trazer sempre demais o seu próprio corpo, como se este fosse um mero atrelado da sua necessidade de aparecer ou, então, um cabide para pendurar os seus cigarros. 
Mas este corpo quase supérfluo, esticando-se no esforço de trepar e atropelar a sua própria compostura, transmuta-se, quando as condições o requerem, numa prodigiosa turbina de irradiação emotiva, de eloquência gestual e de turbulência expressiva. 
Nesses momentos, a cuja eclosão basta só a nossa concessão de uma escuta, a paisagem em torno do dr. Quadro Fernandes torna-se vertigem - queda sucessiva para dentro de si mesma, que só a cadência da sua voz, assoberbada pelo seu atraso em relação ao seu próprio empenhamento, parece capaz de aguentar. 
Quanto a mim, nem por nada me deixo enxotar desse espectáculo: o que aí se aprende, eu ainda não sei - sei só que se aprende. 
Vinda não sei de onde, a enxurrada de ideias que ele desfere, que ele empola, que ele lapida, cai sobre o nosso aturdimento como, sob os espasmos de luz de uma discoteca, parecem cair os corpos no frenesi da sua dança. E como numa dança, a sua palavra salta, rodopia, esconde-se, cansa-se, explode. 
Escutando-o, escutamos primeiro essa espécie de desfaçatez que sempre, com ele, serve para inculcar, na disposição das rotinas, a sensata suspeita sobre a inocuidade ou o conceito apoucado. 
Depois, mais atentos, começamos a perceber uma estratégia de argumentação que, movida por uma deliberada preferência pelo aforisma, procura esculpir um corpo de princípios, cuja estranheza eu ainda não consegui bem identificar. 
Parece-me essa estranheza, umas vezes, advir da paralaxe em que se coloca um apetite pensante avesso às facilidades do óbvio e, outras vezes, parece-me o efeito de uma postura ficticiamente predadora que, fascinada pela sua própria exuberância, encontra no território da entorse lúdica a sua única saída. 
O humor que, no dr. Quadros Fernandes, é uma marca sempre em transe de revelação, cresce primeiro nessa espécie de desmesura com que ele, pisando sobre a infimidade avulsa das circunstâncias, logo ressalta para torneios de quase quixotesca especulação. Como se qualquer motivo mínimo contivesse sempre a concitação máxima da urgência de um serviço - o serviço de sentinela ao poder da fala, sempre à espreita da sua oportunidade.
Mas o humor, no dr. Quadros Fernandes, encontra a sua mais apurada variante no modo como, a partir de uma aguda percepção das conexões que constituem como grupo uma massa de interlocutores, consegue, recorrendo à desfiguração caricatural, recolocá-las num plano onde a sua liberdade de jogo e os jogos da sua liberdade ganham a sua maior ênfase. O desfrute é o seu tributo magnânimo à amizade.
Só que, em todos os casos, ele não pode dissimular a sua instante obsessão: a seriedade de uma perscruta sobre o essencial do que, mantendo-se ainda como humano, vai perdendo a sua altura na rotina congelada da experiência.
Por isso, a sua perspectiva é a do voo da águia: a visão da minúcia do alto da compreensão sempre mais larga da paisagem. E é essa visão aberta ao imprevisto, captado no pico do seu voo, que permite à sua seriedade a transbordância do humor. Felizmente, ele prefere voar em formação.»
(Um último recado, dr. Quadros Fernandes!)
Sempre lhe ouvi declarar: «Entre mim e Deus há uma relação de mútuo respeito e recíproca admiração!» Se agora vier a descobrir que lhe pedem explicações sobre tão elevada pretensão - conte com o meu testemunho abonatório.”

à Família enlutada e em nome dos BCA apresento os meus sentidos pêsames
Amândio Caldeira 

GTexto e imagem recolhida no blog    http://tomarnarede.blogspot.pt/2016/06/faleceu-o-prof-quadros-fernandes.html?spref=fb

terça-feira, 12 de abril de 2016

ENCONTRO EM 28 DE MAIO DE 2016



ENCONTRO EM 28 DE MAIO DE 2016
 
RESTAURANTE VITÓRIA - FÁTIMA

ESTIMADO AMIGO(A) E COLEGA, 

Está marcado para o próximo dia 28 de Maio, em Fátima, o nosso Encontro Anual.

Optamos por um local no centro do país, com boa acessibilidade e situado a uma distância não muito grande para a maioria dos/das colegas que mais regularmente comparecem nos nossos convívios.

O almoço terá início a partir das 13,00 horas, precedido de receção de boas vindas com início às 11,30 horas. À medida que formos chegando poderemos saborear alguns aperitivos e bebidas, preparando o corpo e o espírito para uma jornada gastronómica e de confraternização que desejamos venha a ser do agrado de todos.

A ementa é a que abaixo transcrevemos. Procuramos selecionar um menu equilibrado e a custo aceitável porque, como todos sabemos a vida não está para grandes encargos. O custo é 25,00 euros por adulto e de 10,00 euros para crianças dos 5 aos 10 anos.

Pensamos e desejamos ter feito uma escolha acertada e que a todos agradará.

A ementa consta de dois pratos – carne e peixe - havendo, para o prato de carne, opção alternativa como consta da ementa. A opção será servida, como é normal, apenas a quem a tiver escolhido. Por isso pedimos que quando fizer a inscrição, indique o prato de carne que deseja ou, se for o caso indique dieta.

Não guarde a inscrição para o fim, pois é sempre mais difícil organizarmos o nosso trabalho. O prazo de inscrição que fixámos para termos assegurado um bom serviço, é o dia 22 de Maio, impreterivelmente.

Esperamos sobretudo com a presença do(a) Colega, pois quantos mais formos melhor será o convívio entre todos. E se possível faça-se acompanhar de familiares e/ou amigos para que a família “Ex-BCA” chegue também até eles como exemplo de amizade criada na sua maioria entre colegas de trabalho, há dezenas de anos e que dia-a-dia se renova.

Também convidamos o(a) Colega a dar mais vida e cor ao nosso encontro com a apresentação de alguma obra musical, literária, fotográfica ou outra que queira dar-nos a conhecer.

E até poderá contar-nos alguma história que tenha sido mais marcante na sua carreira profissional, certamente rica em acontecimentos.

INSCRIÇÕES:

ILDA SIMÕES – T.M. 913 818 115 – T.F. -212 681 265 - email: ildabox@sapo.pt
Para outros esclarecimentos, poderá contactar, também:
CARLOS ALMEIDA (CHILOCAS) – TM . 968 168 079
MARIA PAULINA MARTINS – TM. 914 107 451
Pode também fazer a inscrição, por correio tradicional para a morada da Ilda, enviando a ficha de inscrição.  Para obter a ficha de inscrição CLICK AQUI !

ILDA SIMÕES
R. do Casalão, nº 7 – 1.º Dto.
CASALÃO
2970 - 047 CASALÃO - SANTANA - SESIMBRA
 
A Comissão Organizadora
 
----------------------------------------------------------------------------------------------------

Encontro de ex-trabalhadores do BCA
 
Angola, Moçambique, S. Tomé e Principe, Macau e Lisboa

Local : Restaurante Vitória
 Local : Fátima (ao lado do Santuário)
Data realização: 28 de Maio 2015
Receção e convívio – 11,30 horas / 13,00 horas . Almoço: 13,00 horas -> início

EMENTA:
 1– Entradas

Morcelas, pastéis de bacalhau, rissóis, croquetes, tostas com paté de atum, bolachas salgadas, outros 

 Martini, Favaios, Gin, Vinho do Porto, Vinho branco e tinto, sumos e águas

2 – Almoço

Sopa de legumes
Prato de peixe – Bacalhau à casa (com molho de cebolada, batas fritas às rodelas e salada)
Prato de carne – Lombo de porco assado (com batatas assadas e legumes)
Prato alternativo – (dieta ou quem não come carne de porco) – Tranches de vitela (com o mesmo acompanhamento)

 Bebidas – Vinho branco e tinto, sumos e águas

3 – Sobremesa

 Salada de frutas OU pudim caseiro

4 – Café e digestivos

 Licor, Aguardente, Brandy, Whisky novo (e outros semelhantes)

5 – Parabéns (16,30/17,00 horas)

 Com Bolo de aniversário do BCA; e brinde, com espumante 

-------------------------------------------------------
 
 
 

terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Falecimento de MANUEL FERNANDO DE SOUSA MORA CRUZ


NOTA DE FALECIMENTO:

Mais uma vez me cabe dar conhecimento de mais um de nós que partiu hoje.

Trata-se do MANUEL FERNANDO DE SOUSA MORA CRUZ, que nos deixou e partiu inesperadamente.

Foi n/colega no centro mecanográfico, na sede em luanda e em Portugal na Caixa Geral de Depósitos em Almeirim, onde residia.

Ninguém melhor do que eu para compreender o seu falecimento, que apanhou todos de surpresa, pois Deus levou-o de repente....

Neste momento de dor e consternação, só nos cabe pedir a Deus que lhe dê luz e paz e que conforte toda a sua Família, para que possam enfrentar tão grande dor, com serenidade.

A" FAMÍLIA BCA", deseja paz à sua Alma e envia para toda a sua Família sentidos pêsames.

(Transcrição do Facebook “Amigos do BCA” Ilda Simões - 07.12.2015)

sábado, 6 de junho de 2015

Falecimento de Fernando Cruzeiro



FALECIMENTO
 
Fernando Cruzeiro
 
Amig@s a Família BCA perdeu mais um dos seus membros Fernando Cruzeiro
Faleceu ontem (05/06/2015), aos 85 anos de idade, Fernando Eduardo Guinapo do Cruzeiro, deixa o seu nome com muito mérito na História do Hóquei em Patins de Portugal (como médio, talvez o melhor de sempre), de Angola, da Equipa do Banco Comercial de Angola desde glorioso jogador até treinador (BCA). Mundialmente conhecido e reconhecido!

Iniciou a sua actividade bancária, no BPA, em Lisboa. Fazia parte do "staff" da Administração
No B.C.A. desempenhou as funções na Tesouraria (Sede-Luanda).

O Funeral realizou-se hoje (06/06) pelas 16h30, no Cemitério de Alto de São João - Lisboa
À Família enlutada apresentamos as nossas sentidas condolências.
Fernando Cruzeiro descanse em paz e até um dia ( do Facebook "Amigos do BCA )


do Jornal on-line do SLB...

"Faleceu Fernando Cruzeiro
Faleceu esta sexta-feira, aos 85 anos de idade, Fernando Cruzeiro, um dos mais brilhantes atletas na História do Hóquei em Patins do SL Benfica e mundial! Como médio, talvez o melhor de sempre!
 
Fernando Eduardo Guinapo do Cruzeiro nasceu na Amadora, em 10 de Fevereiro de 1930. Aos 12 anos apresentou-se no Benfica para fazer patinagem, só que em 1942 não era permitido fazer desporto federado antes dos 17 anos. Teve que esperar…
 
Em 1946 estreou-se nos campeonatos regionais juniores de patinagem que decorreram em Lisboa, entre 2 e 6 de Setembro, conquistando logo três títulos e dois recordes nacionais. Menos de um ano depois jogava Hóquei no Benfica.
 
Aos 17 anos, estreou-se no Hóquei em Patins em 22 de Junho de 1947, como defesa (!), mas a temporada de 1947 foi feita a jogar a médio, o lugar onde se tornou o melhor hoquista mundial de sempre.
 
Estreou-se oficialmente na equipa principal em 12 de Abril de 1948, tendo participado em 458 jogos, marcando 404 golos e capitaneando a equipa em 86 encontros. Durante meio século foi o “médio” com mais golos na história do hóquei em patins, até 1997, quando foi “ultrapassado” por Paulo Almeida!
 
Características
Fernando Cruzeiro foi um hoquista de qualidade excelsa – um jogador excecionalmente versátil, excelente patinador, virtuoso individualmente mas um fantástico jogador de equipa, abnegado e corretíssimo. Desarmava em antecipação ou conseguia cortar a bola na luta directa, iniciando rapidamente uma jogada de ataque, driblando curtíssimo, com espontaneidade para servir os avançados ou efetuar ele mesmo os remates de qualquer parte do rinque. Ou seja, sendo médio, era tão eficaz como os melhores defesas e tão eficiente como os melhores avançados! Um primor de categoria. Apesar de ter uma classe ímpar, foi corretíssimo, sem vedetismos. Uma saudade da modalidade!
 
Palmarés
Conquistou os títulos mais importantes do seu tempo, com 13 triunfos oficiais: três Nacionais e dez Regionais. No campeonato nacional em 1951, 1952 e 1953, ou seja com um Bicampeonato (1951/52). Nos Regionais, conquistou quatro campeonatos, em 1951, 1953, 1954 e 1956. E na Taça de Honra participou nas seis conquistas consecutivas de 1952, 1953, 1954, 1955, 1956 e 1957.
                                              
No Hóquei em Patins, esteve presente em representação da selecção nacional em seis campeonatos: cinco do Mundo – 1952 (1.º), 1953 (2.º), 1954 (2.º), 1955 (3.º) e 1956 (1.º); e seis da Europa – para além das cinco edições em simultâneo com os Mundiais, também em 1957 (2.º), num total de 99 internacionalizações e 45 golos, sagrando-se campeão europeu e mundial em 1952 e 1956, ambas em Portugal, na cidade do Porto.
 
Distinções Honrosas
Foi distinguido com a “Águia de Prata” em 10 de Fevereiro de 1956. Em 1957, o Benfica organizou uma “Festa de Homenagem” no Pavilhão dos Desportos, no Parque Eduardo VII, em Lisboa com o HC Sintra. Dois dias depois, em 9 de Outubro despediu-se do hóquei benfiquista jogando pela última vez na “Festa de Homenagem” a Luís Lopes, outro excelente hoquista do Clube, e seu companheiro desde os juniores.
 
Fernando Cruzeiro foi um dos maiores hoquistas de sempre! Uma glória eterna do Benfica!
 
As cerimónias fúnebres iniciam-se ao final desta sexta, com o Velório a realizar-se a partir das 18h00, na Igreja de Arroios. O Funeral realizar-se-á amanhã, sábado, pelas 16h30, no Cemitério de Alto de São João.
 
O Sport Lisboa e Benfica endereça as mais sentidas condolências a familiares e amigos." (do Jornal on-line do SLB)

http://www.slbenfica.pt/noticias/detalhedenoticia/tabid/2788/ArticleId/42033/language/pt-PT/.aspx







A Família BCA está de luto, faleceu ontem o nosso querido colega Fernando Eduardo Guinapo do Cruzeiro. O seu funeral realizou-se hoje. 
À família enlutada apresentamos os nossos sentimentos. Que descanse em paz.

sábado, 16 de maio de 2015

FALECIMENTO
 
António dos Santos Martins



António dos Santos Martins, era padrinho da minha filha mais nova, Alexandra. Trabalhou inicialmente no Economato, sendo transferido, em 1968, logo no início da Informática no BCA, para o lugar de Operador. Em Portugal, em 1975, fixou-se em Izeda (Trás-os-Montes).
 
Foi integrado passado alguns meses, na equipa informática do BPA -Porto.
 
A última vez que esteve connosco foi no Encontro dos Ex-BCA's foi em 2010, em Paião - Figueira da Foz.
 
O funeral realizou-se hoje, na Igreja de Sto. Ovídeo, em Vila Nova de Gaia, onde residia, antecedido de Missa de Corpo Presente.
 
Era uma Excelente pessoa e um Grande Amigo. À sua esposa, Dulcínea e restante Família, apresento as mais sentidas condolências. Paz à sua Alma. - BorgesLopes -